[Cipriano Dourado]

[Cipriano Dourado]
[Plantadora de Arroz, 1954] [Cipriano Dourado (1921-1981)]

quinta-feira, 2 de abril de 2020

[2346.] PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS - DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO [XVIII] || 1926 - 1933

* PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS: DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO || XVIII *

00140. Alberto de Sousa Tavares [1933]

[Lisboa, 1912, cauteleiro - Lisboa. Preso em 21/12/1933, libertado em 27/12/1933 (Processo 906)].

00141. Alberto Dias Pombo [1928, 1932]

[Alberto Dias Pombo || 12/07/1928 || -ca-PT-TT-PVDE-Polícias-Anteriores-1-NT-8902 || "Imagem cedida pelo ANTT"]

[Covilhã, 1898, empregado na CML. Preso em 08/07/1928 (Processo 3791) e deportado para Angola em 21/08/1928. Embarcou, em 12/05/1931, da Madeira, onde se encontrava vindo de Angola, para Cabo Verde, onde lhe foi fixada residência por ordem superior. Autorizado, em 22/07/1931, a ausentar-se para o Rio de Janeiro. Preso em Monção, em 22/05/1932, quando entrava em Portugal (Processo 89/Porto). Enviado do Porto para Lisboa em 03/07/1932. Libertado em 08/12/1932 por ter sido abrangido pela amnistia de 05/12/1932 (Processo 585)].

00142. Alberto Dias [1928]

[Alberto Dias || 10/06/1928 || -ca-PT-TT-PVDE-Polícias-Anteriores-3-NT-8903 || "Imagem cedida pelo ANTT"]

[Preso, provavelmente, em Junho de 1928].

00143. Alberto dos Santos [1931]

[Lisboa, 1909, gráfico - Lisboa. Preso, em 04/11/1931, pela Secção de Justiça e Informações do Comando da PSP de Lisboa e libertado em 13/11/1931 (Processo 147)].

00144. Alberto Duarte Areosa [1927]

[Coimbra, 1883, comerciante - Coimbra. Preso em 05/10/1927 (Processo 3261), libertado em 09/10/1927].

00145. Alberto Emídio Midões [1927, 1931, 1934, 1935, 1937]   

[Alberto Emídio Midões || 28/11/1927 (?) || -ca-PT-TT-PVDE-Polícias-Anteriores-3-NT-8903 || "Imagem cedida pelo ANTT"]

[Lisboa, 1883, negociante e proprietário - Matosinhos. Preso em 28/10/1927 e enviado pela Polícia de Informações do Porto para Lisboa em 29/10/1927 (Processo 3304). Deportado para Timor em 22/11/1927, de onde se evadiu em 17/01/1929, talvez a caminho de Angola para onde tinha sido transferido em 06/01/1929. Preso no Porto em 02/12/1931 (Processo 30/Porto), enviado para Lisboa em 19/12/1931 (Processo 257) e libertado em 18/02/1932. Preso no Porto em 03/10/1934 (Processo 368), transferido, em 14/10/1934, para Peniche e daí, em 09/11/1934, para o Aljube de Lisboa, sendo libertado em 14/12/1934. 

[Alberto Emídio Midões || 25/05/1935 || ANTT || RGP/197 || PT-TT-PIDE-E-010-1-197]

Preso em 21/05/1935, enviado para o Aljube do Porto e libertado em 01/07/1935. Preso no Porto em em 05/05/1937 e libertado em 02/08/1937 (Processo 565/37)].

[João Esteves]

quarta-feira, 1 de abril de 2020

[2345.] PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS - DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO [XVII] || 1926 - 1933

* PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS: DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO || XVII *

00131. Alberto da Conceição Dias [1928, 1928, 1934, 1946] 

[Alberto da Conceição Dias || 1928 (?) || -ca-PT-TT-PVDE-Polícias-Anteriores-4-NT-8904 || "Imagem cedida pelo ANTT"]

[São Pedro - Sintra, 10/03/1892, carpinteiro - Lisboa. Sindicalista, visita na Cadeia do Limoeiro os presos por questões sociais. Ligações anarquistas. Preso, por ordem superior, em 20702/1928, libertado em 28/05/1928. Preso em 06/06/1928, libertado em 19/06/1928. Preso em 29/07/1934 por andar fugido na sequência da Greve Geral de 18/01/1934 (Processo 1237), deu entrada no Aljube em 15/09/1934. Julgado, em 23/03/1935, pelo TME e absolvido (Processo 218/934, do TME).     

[Alberto da Conceição Dias || 20/12/1946 || ANTT || RGP/295 || PT-TT-PIDE-E-010-2-295]


Preso em 20/12/1946 e libertado na mesma data sob fiança (Processo 915/46)].

00132. Alberto da Cunha Rocha Saraiva [1931]

[Trancoso, 1886, professor universitário - Lisboa. Preso em 09/04/1931, libertado em 10/04/1931].

00133. Alberto da Encarnação [1927]

[Lisboa, 1897, brochante - Lisboa. Preso em 24/10/1927 (Processo 3287) e deportado para África em 15/11/1927. Apresentou-se, em 02/01/1930, em Angra do Heroísmo. Regressou dos Açores e apresentou-se em 10/02/1931].

00134. Alberto da Silva Assunção [1931]

[Lisboa, 1901, litógrafo. Preso, em 04/10/1931, pela Secção de Justiça e Informações do Comando da PSP de Lisboa e libertado em 10/10/1931 (Processo 87)].

00135. Alberto da Silva Cartaxo [1930]

[Lisboa, 1897, industrial - Lisboa. Preso em 10/12/1930 (Processo 4735-A), libertado em 09/07/1931].

00136. Alberto da Silva Sanches [1930]

[Santíssima Trindade - São Tomé, tesoureiro da Caixa Geral de Depósitos - Coimbra. Preso e entregue à Polícia de Informações de Coimbra em 07/10/1930. Libertado em 16/10/1930, ficou com residência fixada em Lisboa (Processo 4699-R). Autorizado a regressar a Coimbra em 02/12/1930].

00137. Alberto de Almeida [1929]

[Penamacor, 1905, trabalhador - Lisboa. Preso em 12/03/1929, libertado em 13/03/1929 (Processo 4271)].

00138. Alberto de Almeida [1931]

[Viseu, 1907, pintor - Lisboa. Preso em 26/08/1931, conduzido para Caçadores 5 e, depois, para a Cadeia Nacional (Penitenciária). Deportado para Timor em 02/09/1931. Segundo ofício do Ministério do Interior, faleceu em Timor em 25/05/1932. No entanto, segundo documentação disponibilizada por J. Quintanilha Mantas, Alberto de Almeida faleceu com uma biliosa em 08/01/1932, quando seguia numa lancha do campo de concentração de Ataúro para o hospital de Dili. A mesma fonte refere que teria enlouquecido naquele campo de concentração onde, logo que o seu estado se manifestou, perdeu a fala - que nunca mais recuperou - passando a comunicar por mímica].

00139. Alberto de Faria [1930]

[Tomar, 1876, comerciante. Preso em 17/07/1930 e deportado para os Açores em 20/07/1930 (Processo 4658-A). O Ministério do Interior comunicou, por ofício de 10/11/1931, o seu regresso de Cabo Verde, onde estava deportado. Neste mesmo dia fez a sua apresentação na Secção de Justiça e Informações do Comando da PSP e saiu em liberdade].

 [João Esteves]

terça-feira, 31 de março de 2020

[2344.] PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS - DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO [XVI] || 1926 - 1933

* PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS: DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO || XVI *

00118. Albertino Borges de Oliveira [1928]

[Preso em 14/10/1928, libertado em 20/10/1928].

00119. Alberto Alexandrino Augusto dos Santos [1932]

[Porto, 1892, ex-Tenente - Lisboa. Vigiado desde, pelo menos, 12/07/1928. Informadores: Marítimo, General, Ave, Trovão, 24. Preso em 06/09/1932 e enviado, em 07/09/1932, à Polícia Internacional Portuguesa - Porto. Enviado para Lisboa em 14/09/1932. Em 22/10/1932, foi-lhe fixada residência obrigatória em Cabo Verde (Processo 114/Porto, Processo 573/PI). Seguiu, em 05/01/1933, para a fronteira de Elvas por ter sido banido, por despacho do Ministro do Interior, do território nacional. Julgado pelo TME em 02/06/1934 (Processo 9/934 do TME)].

00120. Alberto Alonso Gonzalez [1931, 1937]

[Lisboa, 29/03/1910, enfermeiro - Lisboa. Preso em 22/08/1931 (Processo 9). Preso em 21/01/1937, libertado em 10/03/1937 (Processo 67/937)].

00121. Alberto Alves da Fonseca [1932, 1936, 1937] 

[Lisboa, 15/01/1907, estivador - Lisboa. Preso pela PSP de Lisboa e entregue, em 11/04/1932, à Polícia de Defesa Política e Social (Processo 332). Voltou para a tutela da PSP em 14/02/1932. Preso pela PSP em 27/06/1936 e entregue à PVDE em 04/07/1936, recolheu à 1.ª Esquadra e foi libertado no mesmo dia (Processo 1849). Preso em 24/07/1937, recolheu à 1.ª Esquadra e foi libertado em 19/11/1937 (Processos 944/37 e 1007/37)].

00122. Alberto Alves de Figueiredo [1932]

[Vila Real, 1908, trabalhador - Lisboa. Preso pela PSP de Lisboa e entregue na Polícia de Defesa Política e Social em 04/02/1932. Libertado no mesmo dia (Processo 221)].

00123. Alberto Alves [1933]

[Lisboa, 1900, trabalhador - Lisboa. Preso pela PSP em 01/05/1933 e entregue à Secção Política e Social em 02/05/1933 (Processo 686). Libertado em 10/05/1933].

00124. Alberto Augusto Azevedo [1929]

[Carrazeda de Ansiães, 1894, 1.º Sargento - Infantaria 6. Preso em 15/04/1929 (Processo 4315)].

00125. Alberto Augusto de Almeida [1932]

[Lisboa, 1891, pedreiro - Lisboa. Preso durante a 1.ª República (1919, 1920). Preso em 21/10/1932 por ligações anarco-sindicalistas (Processo 587). Julgado pelo TME em 17/06/1933, foi absolvido].

00126. Alberto Augusto [1931]

[Lisboa, 1899, professor de ginástica. "O Batatinha". Preso em Castelo Branco por andar fugido, deu entrada na Secção da Justiça e Informação do Comando da PSP de Lisboa em 13/11/1931 (Processo 212). Em 22/06/1932, foi-lhe fixada residência obrigatória nos Açores - Ilha Terceira. Libertado em 08/12/1932 por ter sido abrangido pela amnistia de 05/12/1932].

00127. Alberto Cardoso Freire [1927]

[Alberto Cardoso Freire || 06/10/1927 || ca-PT-TT-PVDE-Policias-Anteriores-3-NT-8903 || "Imagem cedida pelo ANTT"]

[Lisboa, 1883, fiscal dos impostos. Preso em 29/09/1927 e deportado para Angola em 01/11/1927 (Processo 3253). Apresentou-se, em 17/02/1929, ao Governador Militar da Madeira vindo de Luanda. Regressou ao Continente em 27/03/1929].

00128. Alberto Carlos Ferreira de Andrade [1929]

[Montemor-o-Novo, 1907, 1.º Cabo de Metralhadoras N.º 1 - Lisboa. Preso em 01/04/1929 e libertado em 11/04/1929 (Processo 4269)].

00129. Alberto Cortez [1933]

[Pampilhosa da Serra, 1906, serralheiro mecânico - Lisboa. Preso em 05/08/1933, libertado em 08/08/1933 (Processo 760)].

00130. Alberto Costa [1927]

[Alberto Costa || 25/10/1927 || ANTT || ca-PT-TT-PVDE-Policias-Anteriores-3-NT-8903 || "Imagem cedida pelo ANTT"]

[Lisboa, Soldado N.º 1135 da Companhia de Artífices Automobilistas. Preso durante a 1.ª República por suspeita de ser monárquico (1923). Preso em 19/10/1927 (Processo 3375) e deportado para Timor em 22/10/1927. Passou, em 22/01/1929, de São Tomé para Angola e, em 20/10/1929, apresentou-se no Quartel-General do Governo Militar da Madeira. Embarcou, em 12/11/1930, para Ponta Delgada. Transferido, em 17/03/1931, para Cabo Verde, não sendo abrangido pela amnistia de 05/12/1932. Por ordem do Governo, regressou de Cabo Verde em 20/07/1945 e foi libertado].

[João Esteves]

segunda-feira, 30 de março de 2020

[2343.] ALBERTINO ABRANTES CASTANHEIRA [I] || FILIADO NAS JUVENTUDES COMUNISTAS (1925)

* ALBERTINO ABRANTES CASTANHEIRA *
[1899 - ?]

[Albertino Abrantes Castanheira || ANTT || -ca-PT-TT-PVDE-Polícias-Anteriores-1-NT-8902 || "Imagem cedida pelo ANTT"]

Filho de Maria Abrantes Esteves e de João Abrantes Castanheira, Albertino Abrantes Castanheiro terá nascido em 1899, em Tábua.

Padeiro, a residir em Lisboa, na Rua Santana à Lapa, era filiado nas Juventudes Comunistas e, em 12 de Maio de 1925, «foi preso por ser detentor duma bomba e duma pistola» [Processo 2578 - P.S.E.].

Deportado para Cabo Verde em 29/05/1925.

Fontes:

ANTT, Livro de Cadastrados 1 [Albertino Abrantes Castanheira / ca-PT-TT-PVDE-Policias-Anteriores-1-NT-8902].

ANTT, Cadastro Político 5557 [Albertino Abrantes Castanheira / PT-TT-PIDE-E-001-CX05_m0355].

[João Esteves]

[2342.] PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS - DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO [XV] || 1926 - 1933

* PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS: DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO || XV *

00111. Aires Rodrigues Correia ou António Simões da Rocha [1927]

[Tábua, 1906, padeiro - Lisboa. Preso em 17/03/1927 e enviado à Comissão de Inquérito por suspeita de ter participado no movimento revolucionário de 07/02/1927 (Processo 3041 da PI - MI)].

00112. Albano Duarte dos Santos [1931] 

[Arganil, 1914, estucador - Lisboa. Preso em 01/09/1931, libertado em 02/09/1931 (Processo 7)].

00113. Albano Jesus de Matos [1932]

[Lisboa, 1891, chofer - Lisboa. Membro da direcção do Sindicato dos Choferes. Preso em 18/03/1932, libertado em 20/03/1932 (Processo 331). Procurado, nesse mesmo ano, pela Polícia].

00114. Albano José Serra [1929, 1935]

[Castanheira de Pera, 1893, sapateiro - Lisboa. Preso em 10/03/1929, libertado em 12/03/1929 (Processo 4258). Preso em 02/01/1935, libertado em 03/01/1935 (Processo 1314)].

00115. Albano Nunes Borges de Carvalho [1933]

[Lisboa, 1892, empregado de escritório - Lisboa. Preso pela PSP de Lisboa em 19/03/1933 e entregue à Secção Política e Social em 20/03/1933 (Processo 633). Libertado em 21/03/1933].

00116. Albano Pizarro [1930, 1931, 1933, 1933, 1935, 1936]

[Albano Pizarro || 14/10/1933 (Porto) || ANTT || PT-TT-PIDE-E-010-9-1599]

[Porto, 1904, estudante - Porto. Preso no Porto em 23/04/1930, libertado em 02/05/1930. Preso no Porto em 26/08/1931, libertado em 27/08/1931. Preso no Porto em 13/10/1933, libertado em 14/10/1933. Preso no Porto em 27/10/1933, libertado em 03/11/1933. Preso no Porto em 21/08/1935,  levado para o Aljube da cidade e libertado em 14/09/1935 (Processo 89, 1729/35). Preso no Porto em 25/08/1936, transferido para Caxias em 15/10/1936, levado para o Aljube em 17/10/1936 e libertado em 18/12/1936 (Processo 137/936, 1092/36). Nas duas últimas prisões é indicado como desenhador especial de máquinas - Porto].

00117. Albertina de Sousa Pinheiro [1932]  

[Lisboa, 1912, empregada na CUF. Presa em 15/09/1932 e libertada em 22/09/1932 (Processo 558)].

[João Esteves]

domingo, 29 de março de 2020

[2341.] PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS - DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO [XIV] || 1926 - 1933

* PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS: DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO || XIV *

00099. Agostinho da Costa [1932]

[Lisboa, 1900, empregado no Matadouro Municipal - Lisboa. Preso pela PSP e entregue à Polícia de Defesa Política e Social em 01/05/1932. Libertado em 04/05/1932 (Processo 354)].

00100. Agostinho de Almeida Neto [1931]

[1897, empregado agrícola - São Tomé. Preso em S. Tomé e enviado para Lisboa onde, em 13/07/1931, foi entregue à Polícia Internacional Portuguesa. Levado para o Aljube, seguiu, em 13/07/1931, para Peniche, onde ficou com residência fixada].

00101. Agostinho Fernando [1930]

[1.º Sargento de Infantaria. Deportado, em 08/08/1930, para os Açores, onde lhe foi fixada residência. Estava, em 28/12/1932, com residência obrigatória em Cabo Verde, tendo sido abrangido pela amnistia de 05/12/1932. Regressou e apresentou-se na Polícia em 15/01/1933, saindo em liberdade].

00102. Agostinho Ferreira Correia [1931]

[Lisboa, 1908, chofer - Lisboa. Preso em 01/05/1931 e entregue à PSP].

00103. Agostinho Garcia da Silva [1933]

[Lisboa, 1911, sapateiro - Lisboa. Preso pela PSP em 16/02/1933 e entregue, no dia seguinte, à Polícia de Defesa Política e Social. Libertado em 07/03/1933 (Processo 623)].

00104. Agostinho Gomes [1931, 1943]

[Agostinho Gomes || 12/08/1943 || ANTT || RGP/15656 || PT-TT-PIDE-E-010-79-15656]

[São Pedro do Sul, 1910/1912, pedreiro - Lisboa. Preso pela GNR em 26/08/1931, levado para a Esquadra do Matadouro e, depois, para a Cadeia Nacional. Deportado para Timor em 02/09/1931 (Processo 328). Abrangido pela amnistia de 05/12/1932, não embarcou no vapor Moçambique por se encontrar doente. Apresentou-se em 08/11/1933, indo viver para S. Pedro do Sul. Trabalhador, com residência na Baixa Banheira - Alhos Vedros, foi preso pela PSP de Lisboa e entregue à PVDE em 12/08/1943 e levado para Caxias. Entregue, em 21/09/1943, ao 4.º Esquadrão da GNR a fim de ser incorporado no Batalhão de Trabalhadores, voltando para a tutela da PVDE em 16/12/1943. Libertado em 05/04/1944 (Processo 906/943)].

00105. Agostinho José Alves [1931]

[Vila Pouca de Aguiar, 1906, estudante de Direito - Coimbra. Preso em Coimbra em Fevereiro de 1931 e, em Maio, foi-lhe fixada residência em Ribeira de Pena. Pode ter emigrado para o Brasil, onde constituiu família].

00106. Agostinho José de Oliveira Gouveia [1930, 1931]

[Lisboa, 1884, ajudante de apontador - Lisboa. Preso em 10/05/1930, libertado em 14/05/1930 (Processo 4575). Preso em 16/09/1931 pela Secção de Justiça e Informação do Comando da PSP de Lisboa e libertado em 25/09/1931 (Processo 65)].

00107. Agostinho Pereira [1929]

[Vizela, 1905, comissionista. Preso em 12/04/1929 e libertado em 20/04/1929 - falsas denúncias (Processo 4289)].

00108. Agustin Frederico Muñoz [1929]

[Buenos Aires, 1908, estudante. Residência em Rabat -Marrocos. Preso em 13/06/1929, repatriado em 19/06/1929].

00109. Aires Alberto [1932]

[Aires Alberto || ANTT || -ca-PT-TT-PVDE-Polícias-Anteriores-3-NT-8903 || "Imagem cedida pelo ANTT"]

[Matosinhos, 1903, carpinteiro - Lisboa. Preso em 30/08/1932, libertado em 07/09/1932 (Processo 501)].

00110. Aires Leal de Matos [1931, 1933, 1935]

[Pombal, 1883, farmacêutico na Cadeia Nacional - Lisboa. Preso em 29/08/1931, libertado em 11/11/1931 (Processo 69). Preso em 10/07/1933 (Processo 737), seguiu, em 11/07/1933, para Peniche, onde lhe foi fixada residência obrigatória. Em 26/07/1933, foi "mandado restituir à liberdade", sendo-lhe fixada residência obrigatória em Carnide, para onde seguiu em 28/07/1933. Preso pela Secção Política e Social da PVDE em 21/06/1935, levado para uma esquadra e transferido para o Aljube em 26/06/1935. Libertado em 05/07/1935 (Processo 1517)].

[João Esteves]

sábado, 28 de março de 2020

[2340.] PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS - DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO [XIII] || 1926 - 1933

* PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS: DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO || XIII *

00086. Afonso Carlos de Matos [1933]

[Lisboa, 1908, impressor - Lisboa. Preso em 21/07/1933 (Processo 798). Julgado pelo TME em 22/01/1934, foi absolvido e libertado nesse dia (Processo 87/933 - TME)].

00087. Afonso de Albuquerque Sacadura Cabral da Silva Amaral [1933]

[Moura, 1880, funcionário público. Em 06/05/1933, foi entregue pelo Administrador do Concelho de Tomar à Polícia de Defesa Política e Social (Processo 746). Saiu em liberdade condicional em 09/10/1933. Preso, para ser julgado, em 17/11/1933 e libertado em 02/03/1934 por ter sido despronunciado pelo TME].

00088. Afonso de Macedo [1929]

[Quintela - concelho de Mangualde, 1888, comerciante - Lisboa. Preso em 03/12/1929, libertado em 31/01/1930 - envolvimento no movimento revolucionário de 20/07/1928 (Processo 4465). Desde 29/08/1928 que havia uma ordem de captura, não se tendo efectuada por já não se encontrar em Pedras Salgadas].

00089. Afonso de Moura [1927, 1930]

[Coimbra, 1897, cerâmico - Coimbra. Preso em 10/05/1927, e libertado nesse mesmo dia, por ser anarquista (Processo 3086/PIMI). Preso em 23/13/1930 e deportado para Cabo Verde em 06/06/1931 de Junho de 1931 no vapor "Pedro Gomes (Processo 4745). Faleceu, em 07/12/1931, na Ilha de São Nicolau da Colónia de Cabo Verde, onde se encontrava deportado].

00090. Afonso Fernandes [1933]

[Pedrógão Grande, 1907, empregado de comércio. Preso em 01/06/1933, libertado em 02/06/1933 (Processo 698)].

00091. Afonso Guedes da Piedade [1931]

[Lisboa, 21/04/1911, estudante - Lisboa. Preso em 09/06/1931 e deportado para Timor em 27/06/1931 (Processo 4887-A). Foi autorizado, em 18/08/1933, a transferir a sua residência para Macau, a fim de continuar ali os seus estudos. Regressou de Macau, onde estava deportado, e apresentou-se na PVDE em 08/08/1935, dando entrada no Aljube. Libertado em 12/08/1935].

00092. Afonso Henriques de Almeida [1932]

[Évora, 1907, pedreiro - Évora. Preso em Évora e enviado para Lisboa em 27/02/1932, acusado de ser comunista. Conduzido, em 09/06/1932, à Cadeia Penitenciária de Lisboa para ser deportado (Processo 310). Libertado em 02/09/1932].

00093. Afonso Henriques Ventura [1933]

[Pampilhosa da Serra, 1904, empregado no comércio - Lisboa. Membro do comité Regional de Lisboa do Partido Comunista. Preso em 26/02/1933 (Processos 452, 460, 713). Passou pela enfermaria da Cadeia do Limoeiro a fim de ser submetido a tratamento. Julgado no TME em 22/02/1934 e libertado em 10/05/1934 (Processo 80/933 do TME)].

00094. Afonso Justino [1931]

[Alcobaça, 1905, empregado de hotel. Enviado de Leiria para Lisboa em 07/05/1931 (Processo 4881)].

00095. Afonso Marques [1932]

[Alenquer, 1891, industrial de sapataria. Preso em 20/04/1932, libertado em 09/05/1932 (Processo 360)].

00096. Afonso Pires Miguens [1931] 

[Gavião, 1895, empregado na CP - Lisboa. Preso em 26/06/1931, libertado em 12/08/1931 (Processo 4999-C)].

00097. Afonso Tavares da Fonseca [1930]

[Porto, 1905, empregado no comércio - Porto. Preso pela Polícia de Informações do Porto em 05/10/1930, enviado para Lisboa em 06/10/1930 e libertado em 17/10/1930 (Processo 4697-J)].

00098. Agostinho Alves Ferreira [1931]

[Loulé, 1880, comerciante - Setúbal. Preso em Setúbal em 05/09/1931, libertado em 10/09/1931 (Processo 15)].  

[João Esteves]

sexta-feira, 27 de março de 2020

[2339.] PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS - DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO [XII] || 1926 - 1933

* PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS: DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO || XII *

00078. Adriano Pimenta [1927, 1931, 1932]

[Adriano Pimenta || ANTT || -ca-PT-TT-PVDE-Polícias-Anteriores-3-NT-8903 || "Imagem cedida pelo ANTT"]

[Mourão, 1903, corticeiro - Barreiro. Preso em 18/12/1927, libertado em 21/12/1927 (Processo 3447). Propagandista anarquista. Preso em 19/08/1931, libertado em 24/03/1932 (Processo 25). Preso pela GNR do Barreiro em 30/05/1932, libertado em 28/06/1932 (Processo 392). Utilizou o pseudónimo "João Ferreira", esteve envolvido na Greve Geral de 18/01/1934 e era, por isso, procurado pela PVDE (Processos 1011, 1237)].

00079. Adriano Pinto de Azevedo [1928]

[Resende, 1897, chofer - Barcelos. Preso em Janeiro de 1928 - interrogado em 12/01/1928].

00080. Adriano Ribeiro [1931]

[Adriano Ribeiro || Março de 1921 || ANTT || -ca-PT-TT-PVDE-Polícias-Anteriores-1-NT-8902 || "Imagem cedida pelo ANTT"]

[Penafiel, 1899, vendedor de jornais - Lisboa. Preso durante a 1.ª República (1921). Preso em 04/10/1931, libertado em 10/10/1931 (Processo 86)].

00081. Adriano Vera Jardim [1930]

[Figueiró dos Vinhos, 1910, estudante de Direito - Lisboa. Preso no Ministério da Instrução em 19/11/1930 e libertado no mesmo dia].

00082. Adrião Guerreiro de Sá [1931]

[Ex-Vereador da Câmara Municipal do Porto. Vigiado pela Polícia de Informações do Porto. Preso no Porto e enviado para Lisboa em 14/04/1931. Libertado em 23/05/1931, foi-lhe fixada residência em Oliveira de Azeméis (Processo 4880)].

00083. Adrião Ramos de Brito [1932]

[Idanha-a-Nova, 1905, Guarda 1040 da PSP de Lisboa. Preso em 12/07/1932, libertado em 22/07/1932 (Processo 460)].

00084. Afonso Alvoeiro da Costa  [1931]

[Lisboa, 1908, exportador de peixe - Lisboa. Preso em 26/08/1931, levado para o Quartel do Carmo e transferido, depois, para a Cadeia Nacional. Deportado para Timor em 02/09/1931 (Processo 319), foi abrangido pela amnistia de 05/12/1932 e regressou ao Continente, apresentando-se em 12/06/1933].

00085. Afonso Augusto da Cunha Melo [1928, 1933]

[Coimbra, 1897, chofer - Coimbra. Preso pela Polícia de Informações de Coimbra em 29/11/1928 e libertado em 07/12/1928. Preso pela PSP de Coimbra em 18/12/1933 e enviado para Lisboa em 26/01/1934 - Greve Geral de 18/01/1934 (Processo 1036). Transferido para Peniche em 23/06/1934 e libertado em 16/06/1934, por ter sido despronunciado pelo TME. Não consta do RGP].

[João Esteves]

[2338.] PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS - DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO [XI] || 1926 - 1933

* PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS: DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO || XI *

00070. Adolfo Teixeira Pais [1933, 1935, 1936, 1952]

[Adolfo Teixeira Pais || ANTT || RGP/896 || PT-TT-PIDE-E-010-5-896_m0197]


[Lisboa, 07/07/1912, empregado comercial - Lisboa. "O Cantador de Fado" ou "O Diabo". Preso pela PSP em 26/02/1933, levado para o Governo Civil e, depois, entregue à Polícia de Defesa Política e Social (Processo 626) - ligações ao Partido Comunista. Julgado pelo Tribunal Militar Especial em 02/03/1934 e libertado 21/12/1934 (Processo 31/933 do TME). Preso em Abril de 1935, quando era soldado (Processo 1455). Levado para a 1.ª Esquadra, foi transferido para Peniche em 16/05/1935. Voltou para os calabouços do Governo Civil em 12/07/1935 e foi libertado em 22/07/1935. Preso em 19/02/1936, «enquanto comunista», permaneceu numa esquadra até ser levado, em 15/04/1936, para Peniche e, em 14/10/1936, já estava em Caxias, antecâmara da deportação para o Campo de Concentração do Tarrafal, onde integraria a primeira leva de presos políticos e ficaria por 9 anos (Processo 625/36). Abrangido pela amnistia de 18/10/1945, regressou a Lisboa em 01/02/1946, saindo em liberdade. Referenciado como electricista, preso em 18/08/1952 «por emigração clandestina». Recolheu à Cadeia de Castelo de Vide, sendo julgado pelo Tribunal daquela Comarca (Processo 840/952)].

00071. Adriano Correia da  Silva [1933, 1935]

[Adriano Correia da Silva || ANTT || RGP/1145 || PT-TT-PIDE-E-010-6-1145]

[Lisboa, 09/02/1911, empregado de escritório - Lisboa. Preso em 11/04/1933 - filiado nas Juventudes Comunistas (Processo 713). Transferido, em 08/04/1934, do Aljube para Peniche. Transferido, em 14/02/1934, de Peniche para Lisboa. Julgado no TME em 22/02/1934 (Processo 80/933, do TME). Libertado em 21/04/1934. Preso em 29/05/1935, levado para a 1.ª Esquadra e libertado em 04/06/1935 (Processo 1484)]. 

00072. Adriano dos Reis [1933]

[Lisboa, 02/02/1897, serralheiro ou publicista - Lisboa. Preso duas vezes durante a 1.ª República (23/09/1919, 22/06/1920). Preso em 15/05/1933, libertado em 27/03/1933 (Processo 637)].

00073. Adriano dos Santos [1930, 1933]

[Lamego, 1900, continuo do Ministério da Guerra - Lisboa. Preso e libertado em 23/03/1930. Preso em 01/06/1933, libertado em 02/06/1933 (Processo 698)].

00074. Adriano Gonçalves Onofre [ ]

[Ex-Alferes. Deportado para Timor, foi abrangido pela amnistia de 05/12/1932. Regressou e apresentou-se na Polícia de Defesa Política e Social em 09/06/1933].

00075. Adriano Leite de Vasconcelos [1932]

[Arcos de Valdevez, 1911, 2.º Sargento - Infantaria 8. Preso em 26/04/1932 (Processo 367). Entregue às autoridades militares em 04/07/1932].

00076. Adriano Matos Fragoso [1927]

[Adriano Matos Fragoso || ANTT || -ca-PT-TT-PVDE-Polícias-Anteriores-3-NT-8903 || "Imagem cedida pelo ANTT"]

[Torres Novas, 1887, comerciante - Lisboa. Preso durante a 1.ª República (14/05/1924). Preso em 11/02/1927 (Processo 2968). Preso em 18/09/1927, foi-lhe fixada residência em Angola (Processo 3219)].

00077. Adriano Matos ou Adriano Marques [1931, 1933]

[Lisboa, 1906, trabalhador - Lisboa. "O Padre Matos". Preso em 26/08/1931 e deportado para Timor em 02/09/1931 (Processo 330). Regressou de Timor por indicação da Junta de Saúde daquele território e apresentou-se em 22/10/1932. Preso pela PSP em 29/04/1933, entregue à polícia política em 01/05/1933 e libertado em 02/06/1933 (Processo 702)].

[João Esteves]

quinta-feira, 26 de março de 2020

[2337.] PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS - DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO [X] || 1926 - 1933

* PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS: DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO || X *

00063. Adelino Teixeira [1932]

[Adelino Teixeira || 27/07/1932 || ANTT || -ca-PT-TT-PVDE-Polícias-Anteriores-3-NT-8903 || "Imagem cedida pelo ANTT"]

[Coimbra, 1902, trabalhador rural - Lisboa. Preso em 17/07/1932, libertado em 27/07/1932 (Processo 460)].

00064. Adjuto Semião do Nascimento [1931]

[Lisboa, 1884, enfermeiro - Almada. Preso em 29/06/1931, libertado em 03/07/1931 (Processo 4997-B)].

00065. Admar Rodrigues dos Santos [1930]

[Rio de Janeiro, 1906, estudante de Direito - Lisboa. Preso no Ministério da Instrução em 19/11/1930 e libertado no mesmo dia].

00066. Adolf Patzak [1932]

[Checoslováquia, 1903, marítimo. Preso em 03/11/1932 e entregue, em 07/11/1932, à Polícia Internacional Portuguesa (Processo 572)].

00067. Adolfo Augusto Arez da Silva [1931]

[Lourenço Marques, 1909, estudante de Medicina. Preso no Porto e enviado para Lisboa em 28/04/1931, «por incitar os seus colegas à greve». Libertado em 10/05/1931, foi-lhe fixada residência em S. João da Madeira (Processo 4900)].

00068. Adolfo da Silva Sousa [1928]

[Adolfo da Silva Sousa || ANTT || -ca-PT-TT-PVDE-Polícias-Anteriores-1-NT-8902 || "Imagem cedida pelo ANTT"]

[Lisboa, 1902, ajudante de soldador - Lisboa. Preso em 21/07/1928 por, durante o movimento revolucionário do dia anterior, ter matado o guarda da PSP N.º 814. Deportado para Moçambique em 21/08/1928 (Processo 3843). Evadiu-se de Moçambique em 12/11/1929, foi capturado em Angola em 03/12/1929 e mandado regressar àquele território].

00069. Adolfo Joaquim de Sousa [1927, 1935, 1938]

 
[Adolfo Joaquim de Sousa || 13/04/1921 || ANTT || -ca-PT-TT-PVDE-Polícias-Anteriores-1-NT-8902 || "Imagem cedida pelo ANTT"]

[Paranhos - Porto, 20/11/1899, empregado no comércio. Preso por seis vezes entre 1921 e 1925, sem ser por motivos políticos evidentes. Enquanto cadastrado, foi deportado para Timor em Abril de 1927. Regressou de Timor em 09/06/1933, não tendo sido abrangido pela amnistia de 05/12/1932. Recolheu, sob prisão, ao Hospital Militar Principal de Lisboa e, em 09/09/1933, entrou na Cadeia à ordem da PSP. Libertado em 17/11/1933, foi-lhe fixada residência em Alcácer do Sal. Encontrava-se, em Fevereiro de 1935, com residência fixada em Oliveira do Conde, concelho de Carregal do Sal. 

[Adolfo Joaquim de Sousa || ANTT || RGP/709 || PT-TT-PIDE-E-010-4-709]

Em 07/03/1935, estava preso nos calabouços da PSP de Lisboa, para onde se ausentara e era acusado de fazer propaganda comunista (Processo 1396). Deu entrada, em 27/03/1935, na Secção Política e Social da PVDE e, em 29/03/1935, seguiu para Peniche, sendo considerado um cadastrado comum e político. Libertado em 31/08/1935, sendo-lhe fixada residência em Carregal do Sal. Entregue pela Câmara Municipal do Carregal do Sal à PVDE, a pedido desta, em 24/05/1938, por se ter ausentado várias vezes daquele concelho. Recolheu à 1.ª Esquadra, foi enviado para Caxias, Reduto Norte, em 17/06/1938 e transferido para para Peniche em 02/07/1938. Libertado em 09/09/1938 (Processo Crime 627/38)]. 

[João Esteves]

quarta-feira, 25 de março de 2020

[2336] RIBEIRA DE BARCARENA || MARÇO DE 2020

* RIBEIRA DE BARCARENA || CAXIAS *

  

[Ribeira de Barcarena - Caxias || Março de 2020]

[2335.] PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS - DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO [IX] || 1926 - 1933

* PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS: DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO || IX *

00055. Adelino Jesus da Cruz [1928]

[Lisboa, 1902, marinheiro da Armada - Lisboa. Preso em 22/06/1928 e deportado para Angola em 21/08/1928 (Processo 3864)].

00056. Adelino Joaquim Freitas da Silva [1932, 1936]

[Lisboa, 05/04/1902, ex-2.º Sargento de Infantaria 16. Foi-lhe fixada, em 20/08/1932, residência obrigatória em Peniche, para onde seguiu em 28/09/1932. Preso em Évora, foi enviado em 01/11/1932, para Lisboa e deportado, em 19/11/1933, para Angra do Heroísmo (Processo 845). Regressou em 23/05/1934. Empregado no comércio. Preso em Évora e enviado para Lisboa em 10/10/1936, recolheu à 1.ª Esquadra. Transferido para o Aljube em 25/11/1936, foi libertado em 28/11/1936].

00057. Adelino Lourenço [1927]

[Tábua, 1894, guarda de cais - Lisboa. Preso em 24/02/1927 e entregue à Polícia Militar em 02/03/1927 (Processo 3007/PI, do M.I.].

00058. Adelino Marques [1927]

[Lisboa, 1904, carroceiro - Lisboa. "O Canhoto". Preso em 24/02/1927, libertado em 02/03/1927 (Processo 3004)].

00059. Adelino Martins [1927]

[Sargento da GNR. Preso em 03/02/1927(?)].

00060. Adelino Pinto [1927]

[Coimbra, 1879, sapateiro - Lisboa. Preso em 24/02/1927, libertado em 28/02/1927 (Processo 3003)].

00061. Adelino Rebelo dos Santos [1928]

[Adelino Rebelo dos Santos || 01/12/1928 || ANTT || -ca-PT-TT-PVDE-Polícias-Anteriores-3-NT-8903 || "Imagem cedida pelo ANTT"]

[Talvez preso em Novembro de 1928].

 00062. Adelino Soares Bastos [1928, 1938]

[Adelino Soares Bastos || 01/05/1928 || ANTT || -ca-PT-TT-PVDE-Polícias-Anteriores-3-NT-8903 || "Imagem cedida pelo ANTT"]

[Fiães - Vila da Feira, 30/11/1882, inspector escolar. Preso, provavelmente, em Abril de 1928. Preso pela Delegação do Porto da PVDE em 27/05/1938, transferido para Lisboa em 21/06/1938 e levado para o Aljube (Processo 203/938). Transferido para a Delegação do Porto em 22/06/1938, regressou a Lisboa em 24/04/1939 e recolheu ao Aljube. Julgado pelo Tribunal Militar Especial em 27/06/1939 e 19/08/1939. Transferido para Caxias em 21/05/1940 e libertado em 03/06/1940 por ter sido amnistiado. Pai de Alcina Bastos].

[João Esteves]

terça-feira, 24 de março de 2020

[2334.] ALMA FEMININA || N.º 2 - 13/05/1907

* ALMA FEMININA *

N.º 2  || 13 de Maio de 1907

Redactora principal: Virgínia Quaresma

[Alma Feminina || N.º 2 || 13/05/1907]

[2333.] PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS - DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO [VIII] || 1926 - 1933

* PRESOS POR MOTIVOS POLÍTICOS: DA DITADURA MILITAR AO INÍCIO DO ESTADO NOVO || VIII *

00049. Adelino da Silva [1932]

[Lisboa, 1893, tipógrafo - Lisboa. Preso em 14/04/1932, libertado em 06/05/1932].

00050. Adelino de Almeida [1933]

[Celorico da Beira, 1910, empregado no comércio. Preso em 28/07/1933, libertado em 01/08/1933 (Processo 763). Não consta do RGP].

00051. Adelino Dias [1931]

[Viade de Baixo - Montalegre, 1884, alfaiate. Preso em 07/02/1931, libertado em 13/02/1931 (Processo 4788-B)].

00052. Adelino dos Santos [1933]

[Lisboa, 1915, empregado comercial - Lisboa. Preso em 09/07/1933 - envolvimento na Federação das Juventudes Comunistas Portuguesas (Processo 798). Julgado pelo TME em 22/01/1934 (Processo 87/933), foi transferido para Peniche em 08/02/1934 e libertado em 26/10/1934. Não consta do RGP].

00053. Adelino Ferreira Moreira [1930, 1932, 1937]

[Assinatura de Adelino Ferreira Moreira || 26/03/1932 || ANTT || PT-TT-PIDE-DP-D-001-5232_m0251]

[Póvoa do Varzim, 12/01/1908, alfaiate - Póvoa do Varzim. Preso em 21/04/1930 e entregue, em 08/05/1930, na Artilharia 3 (Processo 4565). Preso pela Delegação do Porto da Polícia Internacional Portuguesa em 16/02/1932, acusado de ser o organizador, na Póvoa do Varzim, do núcleo do Partido Comunista e do Socorro Vermelho Internacional. Levado para o Aljube do Porto em 17/02/1932 e, provavelmente, libertado em 02/04/1932 (Processo 52/Porto; Processo 561/PIP - Porto). Preso pela Delegação do Porto da Polícia de Vigilância e Defesa do Estado em 03/12/1937 e libertado em 01/09/1938 (Processo 1184/937)].


[Cadaval, 1898, comerciante - Cadaval. Considerado agente de ligação do Major José Manuel Sarmento de Beires. Preso em 21/11/1933 (Processo 866/SPS). Transferido do Aljube para Peniche em 08/02/1934 (Processo 9/934-TME). Libertado em 23/07/1934, seguiu para Alcobaça, não podendo ausentar-se dessa localidade sem autorização da PVDE. Requereu, em Fevereiro de 1935, para ser transferido para o Bombarral, autorização concedida por despacho do Ministro do Interior de 26 de Fevereiro. Não consta do RGP].

[João Esteves]