[Cipriano Dourado]

[Cipriano Dourado]
[Plantadora de Arroz, 1954] [Cipriano Dourado (1921-1981)]

quinta-feira, 1 de março de 2018

[1756.] ABÍLIO ADRIANO BRANCO [I]

* ABÍLIO ADRIANO BRANCO || TENENTE || DEPORTADO PARA CABO VERDE *

Em 1911, Abílio Adriano Branco seria 2.º Sargento de Infantaria e ofereceu-se para "servir no ultramar" [Colecção das Ordens do Exército do Ano de 1911 (2.ª série), Imprensa Nacional, 1912].

Tenente, por ter participado nas revoltas contra a Ditadura Militar, foi deportado para Cabo Verde, onde ficou com "residência obrigatória por motivos políticos" [ANTT, Cadastro Político 4102].

Abrangido pela Amnistia de 5 de Dezembro de 1932, voltou à carreira militar.

Em 1935, o Capitão de Infantaria Abílio Adriano Branco foi proposto para ser condecorado com o Grau de Oficial da Ordem Militar de Avis: Decreto de Concessão de 11 de Novembro de 1935, publicado no Diário do Governo n.º 266, de 14 de Novembro de 1935.

Em 1945, "tomou parte numa reunião política de oposição ao governo" [Processo Político do Tenente de Infantaria Abílio Adriano Branco].

Fonte: ANTT - PIDE, Cadastro Político 4102.

[João Esteves]

Sem comentários: