[Cipriano Dourado]

[Cipriano Dourado]
[Plantadora de Arroz, 1954] [Cipriano Dourado (1921-1981)]

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

[1738.] ABEL BAPTISTA DA SILVA [I]

* ABEL BAPTISTA DA SILVA || DEPORTADO PARA ANGOLA E CABO VERDE || 1928-1932 *

* CAPITÃO DE INFANTARIA - BATALHÃO DE CAÇADORES 7 || PARTICIPAÇÃO, EM 20 DE JULHO DE 1928, NA "REVOLTA DO CASTELO" CONTRA A DITADURA MILITAR *

Nasceu em 1883.

Em 10 de Outubro de 1922, quando era Tenente de Infantaria, Abel Baptista da Silva foi proposto pelo Ministro da Guerra para ser condecorado com o Grau de Cavaleiro da Ordem Militar de Cristo, o que sucedeu no ano seguinte [Conselho das Ordens, em 1 de Março de 1923; Boletim de Aceitação, de 14 de Março de 1923; Decreto de Concessão, Diário do Governo, de 31 de outubro de 1923].

Em 1928, já Capitão de Infantaria do Batalhão de Caçadores 7, instalado no Castelo de S. Jorge, foi um dos oficiais detidos por ter participado no movimento revolucionário de 20 de Julho de 1928 contra a Ditadura Militar.

Preso em 20 de Julho, foi deportado para Angola em 21 de Agosto [Ofício do Ministério da Guerra N.º 3185, de 24/08/1928] e, posteriormente, seguiu para Cabo Verde.

Abrangido pela amnistia de 5 de Dezembro de 1932, encontrando-se, então, "com residência obrigatória em Cabo Verde, por motivos políticos" [ANTT, Cadastro Político 2759].
  
Fonte: ANTT, Cadastro Político 2759.

[João Esteves]

Sem comentários: