[Cipriano Dourado]

[Cipriano Dourado]
[Plantadora de Arroz, 1954] [Cipriano Dourado (1921-1981)]

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

[1703.] ANÍBAL LAMEIRAS FERNANDES [I]

* ANÍBAL LAMEIRAS FERNANDES || REVOLUÇÃO DO CASTELO DE JULHO DE 1928 *


Filho de Maria Margarida Lameiras Fernandes e de José Maria Fernandes, Aníbal Lameiras Fernandes nasceu em s. Miguel, Açores, em 1875 .

Trabalhou nos Correios e Telégrafos, onde fez a sua carreira profissional e, enquanto Carbonário, esteve envolvido directamente nos preparativos revolucionários de 5 de Outubro de 1910, tendo, entre outras funções, interromper as ligações telefónicas e telegráficas.

Com a entrada de Portugal na Grande Guerra, trabalhou no Serviço Postal de Campanha que dependia directamente do Subchefe do Estado Maior do CEP, por intermédio da Repartição dos Serviços Postais, tendo as pessoas escolhidas da Administração Geral dos Correios e Telégrafos sido militarizadas e graduadas como oficiais equiparados.

Graduado em Tenente, Aníbal Lameiras integrou o grupo de sete funcionários que, chefiado pelo Engenheiro/Capitão Humberto Serrão, se  deslocou a França, em 6 de Janeiro de 1917, para preparar a instalação do serviço postal do CEP. 


Na sequência da Ditadura Militar instaurada em 28 de Maio de 1926, foi preso pela primeira vez aos 52 anos, em 8 de Outubro de 1927, "acusado de reunir na Administração Geral dos Correios com dois funcionários comprometidos no movimento revolucionário de 7 de Fevereiro" [ANTT, Cadastro Político 136].

No ano seguinte, Aníbal Lameiras esteve envolvido na Revolução do Castelo, iniciada em 20 de Julho, tendo sido preso em 19 de Agosto e libertado em 4 de Outubro de 1928.

Casado, provavelmente, com Adelina Augusta Gaspar Caimoto.

Fonte: ANTT, Cadastro Político 136.

[João Esteves]


NOTA: O meu agradecimento a Mário de Menezes, filho de Aníbal Lameiras Fernandes, pelas informações referentes a seu Pai e que se encontram em mensagem abaixo publicada.

1 comentário:

Mario Menezes disse...

Sou Mario Luis Freire de Menezes Lameiras Fernandes, filho de Anibal Lameiras Fernandes e de Carolina Freire de Menezes Lameiras Fernendes. Tinha uma irmã gémea Wanda e de uma outra de nome Zilda e de um irmão Carlos Alberto já os três falecidos.
Vejo que o nome da espôsa do meu Pai não é o da minha Mãi, mas é certamente da sua segunda espôsa.
Cumprimentos.